Categorias
Comunicação Internet SEO Web Marketing

Como o inbound marketing pode ajudar o seu negócio

Antes de tudo, vamos esclarecer o que é inbound marketing: Em resumo, o inbound marketing é um conjunto de estratégias que tem o objetivo de atrair clientes voluntariamente para o seu negócio. Inbound marketing é o marketing que as pessoas amam! Temos que ter em mente que, ao contrário do marketing tradicional, o inbound baseia-se em relacionamento com o consumidor. “Inbound marketing pode ser considerado como qualquer tática de marketing que se baseia em ganhar o interesse das pessoas ao invés de comprá-lo.” Certo, mas como fazer isso? Vamos pensar que, nos dias de hoje, quando as pessoas têm um problema, elas normalmente recorrem à internet para buscar a solução. Então, em um raciocínio lógico, se você oferecer o conteúdo certo, no lugar certo e na hora certa, há uma grande chance de fechar negócio. Pense: quando recebe um e-mail marketing de uma empresa cujo site nunca visitou você deleta o e-mail sem nem mesmo abrir, não é? Agora pense em outra situação: você está fazendo uma pesquisa sobre exercícios aeróbicos no Google para comprar uma bicicleta, e se depara com um e-book gratuito, oferecido por uma loja on-line de venda de equipamentos e acessórios esportivos. Alguns dias depois de baixar o e-book você recebe um e-mail da loja, perguntando se aquele conteúdo foi útil e trazendo dicas de como se alimentar antes e após a prática de exercícios. Isso é inbound marketing. Para fazer inbound marketing, é necessário compreender cinco pontos importantes: Marketing de conteúdo: Entender quem é o seu público e produzir conteúdo relevante para ele é essencial. Para isso, defina personas (sim, pode haver mais de uma) para o seu negócio e analise que tipo de conteúdo elas consomem, quando, onde e como elas consomem. Ciclo de compra: Após definir as personas trace um ciclo de compra baseado no comportamento de cada uma delas. É preciso entender como elas pensam durante todo o processo de compra, do princípio até a conclusão. Personalização: Quanto mais você conhece os seus leads, melhor você consegue interagir com eles e oferecer o conteúdo certo no momento certo. Multicanais: Entenda que a cada dia as pessoas estão mais conectadas em plataformas e dispositivos diferentes. Redes sociais, blogs, sites de busca, etc. São diversos os canais em que as pessoas buscam conteúdo e informação. Esteja presente em todos os canais em que o seu público está. Integração: Se suas ações não estiverem integradas, não vai adiantar nada. Mensure resultados e analise cada ponto de forma minuciosa. Estabeleça metas, faça ajustes, comparações e mais ajustes. A cada ponto analisado, novas informações são recebidas e novas melhorias podem ser feitas. Não se prenda a um plano fixo, afinal, em um mundo que está em constante mudança, a comunicação não pode ficar estática.

Categorias
Comunicação Web Marketing

Neuromarketing: o que é e como usá-lo

O Neuromarketing é um novo campo do marketing, que utiliza a neurociência para entender a essência do comportamento do consumidor e, a partir daí, desenvolver novas abordagens e estratégias. O neuromarketing visa a ir além das pesquisas tradicionais de mercado, onde o consumidor apenas responde um questionário. Por meio de equipamentos que mapeiam o cérebro, é possível ver quais áreas são acionadas quando os consumidores são expostos às marcas e produtos, e assim entender realmente o que se passa na cabeça de cada um. Estes estudos já nos possibilitam entender que a maioria das decisões são tomadas pelo nosso cérebro primitivo. “Temos o cérebro racional, que pensa, o médio, que sente, e o primitivo e instintivo, que toma a maioria das decisões. O que tentamos descobrir é como nos comunicar com essa parte primitiva do cérebro”, diz o espanhol Antonio Mimbrero, sócio da Salesbrand, uma das primeiras agências de neuromarketing do mundo. Mimbero também afirma que o cérebro primitivo é totalmente egoísta, logo, uma comunicação que fale apenas das qualidades de seu produto ou serviço, sem mostrar como isto é útil para o consumidor, não é considerada uma comunicação efetiva. O neuromarketing identificou também que o cérebro de homens e mulheres é completamente distinto, o que influencia a análise de um produto ou serviço e a tomada de a decisão de compra. Isso nos faz perceber a importância de realizar ações direcionadas e específicas para cada público. O neuromarketing é um campo novo, que ainda está em desenvolvimento, mas já conta com muitos estudos. Abaixo, listamos alguns blogs que podem te ajudar a entender mais sobre o assunto e aprender como se comunicar melhor com o seu público. Neuromarketing (Roger Dooley) Verilliance (Jennifer Willians) Neuromarketing Science & Business Association (Associação Mundial de Neuromarketing) Brain and Marketing – Uma viagem ao coração do Neuromarketing (Jorge Moli)

Categorias
Comunicação Mídia Digital Web Marketing Website

Maneiras inteligentes de criar tráfego para o seu site

A matemática é simples: quanto mais tráfego seu site tiver, mais chances você tem de fechar negócio. Neste post, preparamos algumas dicas de como você levar pessoas para o seu site. Complemente a experiência do usuário com uma enquete ou pesquisa. Convide seus fãs nas redes sociais ou os leitores do seu blog a responder uma pesquisa rápida. Algumas plataformas, como o InstantSurvey, permitem que você envie os participantes de volta ao seu site após a conclusão da pesquisa. Compartilhe esta pesquisa nas mídias sociais e tenha certeza de que no final, a pessoa será direcionada para seu site. Use o marketing de conteúdo para informar os influenciadores. Se você tem uma boa ideia sobre quem é o seu público, então você pode começar a criar conteúdo estratégico em torno dos influenciadores. Alcance os influenciadores para que eles saibam que você se destaca em seu trabalho e eles irão compartilham suas postagens, resultando em ganhos de engajamento significativos. Não se esqueça do óbvio! Lembre-se que sem o básico, todo o seu trabalho vai para o lixo. É importante estruturar outros pontos de marketing antes de qualquer outra coisa: Social Media: Assegure-se que todas as suas redes sociais levam ao seu site. E- mail Marketing: Independentemente da sua mensagem, tenha um link que direcione para o seu site em todos os e-mails enviados. Assinatura de e-mail: Cada e-mail que você envia deve ter uma assinatura de e-mail que inclui um link para seu site. Cartões de visita: Sim, eles ainda são relevantes, mas certifique-se de incluir o endereço correto de sua página. Postagens do blog: Continue escrevendo e compartilhando conteúdo novo. Inclua sempre uma call to action (chamada para ação) que direcione o tráfego para seu site. E como você direciona seus possíveis clientes para o seu site hoje? Você está satisfeito com os resultados? Conte pra gente aqui nos comentários.

Categorias
Comércio Eletrônico Comunicação Internet Redes Sociais Tecnologia Web Marketing

Instagram para vendas

Uma nova ferramenta começou a ser testada semana passada no Instagram. Disponível nos EUA (e sem previsão para chegar ao Brasil), a nova funcionalidade permite ver os produtos expostos em uma foto através de marcações. Assim, o usuário poderá entrar no site do fabricante a partir do aplicativo e comprar o produto, o que facilita a venda para algumas marcas. Os posts dessas marcas terão descrições mais detalhadas sobre os produtos e poderão incluir até cinco marcações com o link direto de cada produto à venda. As primeiras marcas a fechar parceria com a rede social para usar a ferramenta foram Kate Spade, Warby Parker e J. Crew. Veja no vídeo abaixo como essa nova funcionalidade deve operar.

Essa novidade faz sentido para o Instagram, que tem em sua base muitas blogueiras de moda, marcas e lojas do ramo.

Categorias
Comunicação Internet Redes Sociais

Precisamos falar sobre suicídio

Estima-se anualmente, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), uma morte a cada 40 segundos. No Brasil, oitavo país no ranking de suicídios, é uma morte a cada 45 minutos. Os números crescentes são alarmantes, e uma forma de combater esse mal é falar sobre o assunto. Para isso, o Facebook desenvolveu, em parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV), uma ferramenta de prevenção ao suicídio. Além disso, a rede social vai oferecer publicidade gratuita para a CVV, a fim de incentivar o recrutamento de novos voluntários, uma vez que se espera um aumento no número de ligações. A ferramenta tem dois objetivos: oferecer apoio às pessoas com pensamentos suicidas e orientar as famílias para que possam ajudar da melhor forma possível; e seu funcionamento é bem simples. Ao perceber que um amigo do seu Facebook está postando algo preocupante, clique em “denunciar publicação”, no canto superior direito do post, e selecione a opção “acredito que não deveria estar no Facebook”. Quando o Facebook perguntar por que você denunciou, clique na opção relacionada ao suicídio, “Mostra alguém se ferindo ou planejando se ferir”. Em seguida, seu amigo receberá uma mensagem privada da rede social, dizendo que alguém está preocupado com ele e oferecendo algumas opções de apoio: conversar por chat com um amigo de confiança, contatar um agente do CVV ou receber dicas do que fazer. O Facebook não divulga o nome de quem fez a denúncia. 07-09-1 07-09-2 Ao denunciar a postagem do seu amigo, você também recebe um guia de como pode ajuda-lo. A nova ferramenta estava disponível desde o ano passado nos EUA e Austrália, e em junho foi lançada no mundo inteiro, como parte do Plano de Ação de Saúde Mental da OMS, que tem como meta reduzir em 10% o índice de suicídio no mundo até 2020. Compartilhar este tipo de iniciativa pelo mundo é importante, pois são poucos os países que têm estratégias e ONGs dedicadas a este tipo de morte. A OMS aponta que 90% dos casos de suicídio podem ser evitados, então, por que não começar pelos amigos no Facebook? Ajude a espalhar esta ideia e juntos podemos salvar muita gente. (Via Revista Superinteressante)

Categorias
Comunicação Mídia Digital Redes Sociais

O que é Inbound Marketing e como ele pode fidelizar seus clientes.

Inbound marketing, em uma tradução literal para o português poderia ser chamado de ‘novo marketing’.

 O Inbound é uma estratégia nova e inovadora que rompe com os antigos conceitos de marketing e traz uma nova visão de trabalho, que se baseia em ganhar o interesse das pessoas e fazer com que seus potenciais clientes te encontrem e te procurem.

O velho marketing, chamado de Outbound marketing, é aquela tática que conhecemos que busca oferecer os seus produtos ou serviços para o público em geral. O Inbound faz exatamente o contrário, seu objetivo é atrair os potenciais clientes até a empresa, fazer com que eles te encontrem, se comunicar com eles, entender suas necessidades, ajudá-los e por fim, encantá-los.

Além disso, o Inbound Marketing busca atrair e conquistar o público alvo e os leads qualificados, ou seja, aqueles que realmente tenham interesse nos serviços que a sua empresa oferece. Ele não realiza ações para o público em geral, como o velho marketing fazia, ele foca seus esforços em atrair as pessoas certas.

O Inbound marketing possui como um de seus pilares o marketing de conteúdo, se concentrando na criação e compartilhamento de conteúdo de qualidade para trazer as pessoas certas para a sua empresa. Para isso, é preciso alinhar o conteúdo com os interesses do seu público-alvo, assim você atrai o tráfego de entrada e então, pode converter em leads, fechar negócios e conquistar a fidelidade do cliente.

Em outras palavras, o Inbound marketing é a melhor maneira de transformar estranhos em clientes e promover o seu negócio. Pois, a sua metodologia é adaptada a atual situação de mercado e aos atuais hábitos de compra dos consumidores, já que hoje em dia tudo está em nossas mãos de maneira rápida e pratica.

Dentre as principais estratégias do Inbound Marketing estão: atrair o tráfego dos visitantes, converter visitantes em leads, fechar em clientes e uma das principais dela gerar encantar encantamento aos clientes para que se tornem promotores da sua marca.

Essas ações são feitas por técnicas integradas (SEO, blog, mídias sócias, e-mail marketing, landing pages e etc), todas elas são monitoras por ferramentas capazes de mensurar e analisar os resultados.

Ao publicar o conteúdo certo no lugar certo, o marketing torna-se relevante e com grande valia para os clientes e futuros clientes. Desde modo, ele ganha a atenção dos potencias clientes e conduz os consumidores para o site, através da geração de conteúdo que o seu publico alvo considera interessante para ele.

Assim, o inbound marketing ajuda a consolidar sua marca e capturar mais leads qualificados, além de colaborar para a conservação desses leads, aumentando o número de clientes e mensurando os resultados.

Uma boa ação de inbound marketing é aquela que é focada no seu público-alvo, planejada e que reúne as melhores ações do marketing digital para atrair mais pessoas para a sua empresa e fazer esse leads passarem por todas as etapas do funil de venda até estarem prontos para se tornarem um, que depois um cliente satisfeito.

               

Categorias
Comunicação Internet

As 20 perguntas mais absurdas feitas ao Google

Vivemos em uma época em que o acesso à informação pode estar, literalmente, na palma de nossas mãos. Sendo assim, é muito mais fácil buscar as respostas que precisamos no Google, mas será que ele realmente sabe tudo? A agência de marketing digital Digitaloft catalogou algumas das perguntas mais absurdas feitas ao Google (em inglês) e, acredite, você vai se surpreender com a quantidade de vezes que elas foram feitas! 17-08 1 17-08 2 17-08 3 17-08 417-08 5

Categorias
Comunicação Links Patrocinados

Anúncios Expandidos Google Adwords

Imagine a situação: chegou para você o job de criar uma campanha para Google Adwords. Depois de duas garrafas de café, uma barra de chocolate e menos alguns neurônios, você consegue fazer uma campanha bem amarrada, com boas imagens e bons textos, que com certeza vai te dar uma plaquinha de funcionário do mês na firma. Eis que chega a hora de colocar a campanha em prática, todo animado você vai lá criar os anúncios e quando tudo parecia estar dando certo, excede o número de caracteres. Você descabela? Claro que sim, pois sua redação foi muito bem pensada. FIQUE CALMO(A)! Seus problemas acabaram! O tão sonhado caractere a mais chegou, conhecido como anúncios expandidos. Eles foram criados por que o mundo de hoje gira em torno de dispositivos móveis.  Os anúncios expandidos proporcionam ao anunciante um maior controle em relação ao que ele quer divulgar, além de ajudar a transmitir mais informações antes que o usuário clique no anúncio. Como funciona? Algumas foram as alterações feitas do anúncio padrão para o anúncio expandindo: Dois campos de título (até 30 caracteres cada); Um único campo de descrição expandido (até 80 caracteres); Um URL de visualização que usa o domínio do seu URL final; Dois campos “Caminho” opcionais, utilizados no URL de visualização do anúncio (até 15 caracteres cada).

Categorias
Comunicação HTML Internet Mídia Digital Tecnologia Web Marketing Website

HTML: De bicho de sete cabeças a queridinho do marketing

Será que todos profissionais de marketing digital precisa entender de HTML? A resposta é sim, pois mais cedo ou mais tarde irá se deparar com a necessidade de fazer alterações tais como: textos, imagens e formatação de posts e email marketing.

Essas alterações até são fáceis, porém pode se tornar um grande vilão quando dependemos de editores visuais de textos que nem sempre fazem aquilo que queremos.

Fica Calmo! Nesse post mostraremos algumas das vantagens de conhecer o básico do HTML e como aprendê-lo.

O tão temido HTML

Muitos se assustam quando ouvem o termo “HTML” e olha aquilo como um monte de “coisa” que parece escrita grega, realmente quando se olha sem um conhecimento é assustador. Contudo quando você começa a ler mais sobre o assunto verá que muitas coisas são mais simples do que se parece é claro que existe o lado complicado, mas não fazem parte da função no profissional de marketing.

O que? Como? Cuma?

O significado para HTML é Hyper Text Markup Language é uma linguagem de marcação que serve para marcar, colocar, cada item de uma página da web em seu devido lugar. Em termos mais simples o HTML “diz” que aqui existe um link interno que abre em uma nova aba.

Por onde começo?

Antes de tudo deve saber que todas as tags do HTML ficam entre os símbolos < e > oficialmente conhecidos como Chevron.  O próximo é que todas as tags possuem uma abertura e um fechamento. Por exemplo, para colocar a palavra em negrito, abra-se com <b>, agora para fechar o negrito das palavras </b>.

 Só praticar e arrasar no HTML (:

Categorias
Comunicação Internet Mídia Digital Redes Sociais Tecnologia

Twitter começa a testar transmissão ao vivo

Twitter começou na semana passada a testar a sua plataforma para transmissões ao vivo. A rede social ainda não havia feito demonstrações públicas de como iria funcionar as transmissões, apesar do acordo com a ESPN há alguns meses. A transmissão, que foi exibida aqui, é de uma parida de tênis do Torneio de Winbledon. Ao acessar o Twitter pelo navegador, o perfil que exibe a transmissão do vídeo fica no lado esquerdo, e à direita é exibida uma timeline dos tweets publicados com a hashtag do evento. A timeline é atualizada com frequência, e as publicações aparentemente não passam por nenhum tipo de avaliação. No aplicativo oficial, a transmissão fica no topo e os tweets marcados com a hashtag são mostrados na lateral. A transmissão também não parece ser bloqueada para regiões específicas, mas o Twitter faz questão de lembrar que essa é uma “experiência incompleta” e que por isso no futuro, podemos ver alterações em como ela é exibida.