O que é Publicidade Nativa?

O que é Publicidade Nativa?

Não é de hoje que somos bombardeados com propagandas que, muitas vezes, nem são de nosso interesse.  Algumas até atrapalham a experiência de busca do cliente nos sites – e isso é muito sério. Ninguém quer comprar de uma marca que invade o espaço do consumidor e incomoda. Por isso, temos que conhecer bem o nosso público para anunciar corretamente, já que os métodos tradicionais não têm o mesmo engajamento como antes. Temos que propor algo novo para que o nosso dinheiro renda mais. Mas e você, como estuda o mercado e o público alvo do seu negócio?

A Publicidade Nativa nasceu com o intuito de segmentar cada vez mais o seu nicho de clientes, economizando no seu investimento. Isso porque atinge, cada vez mais, as pessoas certas e relevantes para o seu negócio. Ou seja: o anúncio é quase certeiro e o seu retorno financeiro é muito mais rápido do que a publicidade de forma agressiva, até mesmo com pop-ups que na real, ninguém merece, né!?

Mas como são os anúncios da Publicidade Nativa?

Ao contrário de muitos outros anúncios, eles não atrapalham a experiência do usuário. Não são feitos com banners ou conteúdos notavelmente publicitários. São anúncios que geralmente aparecem como recomendações de conteúdo dentro de sites e interagem com o design da própria página. Ou seja, eles não possuem cara de propaganda. Você clica achando que é um conteúdo do próprio site, esse é o grande diferencial da Publicidade Nativa.

Investir na Publicidade Nativa é pensar na conexão emocional com a sua audiência. As pessoas clicam em uma Publicidade Nativa até 10 vezes mais do que em outros anúncios, de acordo com a ShareThrough. Além disso, esse tipo de anúncio serve para vários objetivos: geração de leads (captação de público alvo), assinaturas de e-mail, compras, hotsites e muito mais. E é claro: leva muita gente a conhecer sua marca, aumentando a chance de uma pessoa que nem te conhecia comprar com você agora ou o futuro virando um prospect. Como já mostramos algumas maneiras inteligentes de criar tráfego para seu site, a Publicidade Nativa chega como uma forma mais simples.

 

Exemplo de Publicidade nativa no msn

Fonte: Msn © Microsoft

Você deve estar se perguntando: qual é a diferença entre a Publicidade Nativa e a Tradicional?

Ambas ajudam a divulgar seu conteúdo para pessoas que não conhecem seu produto. Até mesmo que não fazem buscas sobre seu conteúdo, mas cada um tem o seu objetivo no marketing digital né?

A Publicidade comum vai fundo no seu público, produz anúncios perfeitos para impactá-lo e pode transformar o seu negócio da água para o vinho, sendo ranqueada por mecanismos de pesquisa diretamente ligada ao SEO.

A Publicidade Nativa deve ser utilizada para ampliar seu tráfego e disseminar seu conteúdo em portais onde o usuário já está engajado, além de ser mais barato, auxilia numa interação fluida, sem surpresas, até porque o seu cliente só vai clicar no anúncio se ele se sentir confiante com o seu anúncio, diretamente ligada ao SEM, pensando sempre na Experiência do Usuário.

O ideal é investir nas duas ao mesmo tempo.

Fonte: UOL Ads

Mas como eu posso anunciar com a Publicidade Nativa?

Atualmente existem várias plataformas especializados em Publicidade Nativa, eles ajudam alcançar o seu público de uma forma natural e assertiva. Sites como BuzzFeed, Estado de Minas, Vagalume entre outros portais usam a Publicidade Nativa para atrair o seu público. Eles fazem em troca de um mínimo valor por clique.

O importante, tanto para a Publicidade Tradicional quanto para a Publicidade Nativa, é buscar uma empresa de comunicação que tenha todas as certificações e experiências necessárias para te trazer os melhores resultados.

Você pode contatar uma empresa especializada em Marketing Digital para alavancar a sua empresa, como a Agência Mouse. Vamos conversar mais sobre o seu negócio?


Web Designer na Agência Mouse, 21 anos. Requisitado quando algo de errado não está certo com seu site. #EleNão

Curtiu esse post? Você pode gostar desses também:

Comments

  1. Flávio Ferrari Oliveira : setembro 21, 2018 at 7:55 pm

    Parabéns pela matéria muito legal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *